Arquivo de etiquetas: tratamentos químicos das manchas do rosto

Os peelings químicos removem eficazmente o melasma facial?

Como saber qual o tipo de peeling químico eficaz e adequado para o seu caso? Consulte o especialista em dermatologia e dermatologia estética Dr. Miguel Trincheiras

Existem diferentes tipos de peelings químicos para eliminar as manchas escuras inestéticas do rosto após a gravidez?

O processo gestacional provoca mudanças normais mas acentuadas em todo o organismo, quer a nível imunológico e endócrino, vascular e metabólico tornando a pele mais susceptível de desenvolver patologias, como, manchas com coloração escura no rosto, acne, varizes, celulite, estrias, edemas etc.

Algumas afecções do rosto da grávida, têm resolução normal e gradual após o parto, outras porém, podem tornar-se irreversíveis e/ou recorrentes se não forem clinicamente tratadas por um médico da especialidade.

peelings químicosO cloasma gravídico (melasma ou pano) são manchas acastanhadas benignas mas inestéticas, habitualmente simétricas, que podem surgir no decurso da gravidez, pelo aumento crescente de progesterona e estrogénios, desencadeando uma reacção cruzada com a MSH (hormona estimulante da melanogénese), afectando principalmente as áreas malares, a região peribucal e a testa.

Este novo e complexo sistema hormonal, promove também uma forte estimulação das células (melanócitos) produtoras de melanina, cuja função consiste em absorver a radiação solar impedindo-a de danificar o interior orgânico, mas aumenta a pigmentação das zonas expostas.

Importa conhecer a localização do pigmento que origina o melasma, e o mantém mais ou menos exuberante, sendo indispensável a observação clínica criteriosa, e conciliação dos procedimentos com o desejo, disponibilidade e expectativas da paciente.

A localização mais ou menos profunda do pigmento, determina o tipo de melasma gestacional, que pode estar à superficie (melasma epidérmico), profundo (melasma dérmico) e misto, ou seja, em ambas as camadas constituintes da pele.

Assim, para remover o excesso de melanina depositada nas diferentes camadas da pele, também os peelings com os agentes químicos despigmentantes se diferenciam em:

- Peeling químico superficial

- Peeling químico médio

- Peeling químico profundo.

Como atuam os tratamentos com peelings químicos?

peeling químicoA utilização de moléculas de diversos ácidos (glicólico, retinóico, tricloroacético, salicílico, láctico, fenol etc) nos diferentes peelings químicos, permitem conforme os casos, minorar ou remover os melasmas,

No melasma epidérmico, o Dr. Miguel Trincheiras utiliza peelings químicos superficiais em sessões intervaladas, o que facilita a penetração e actuação das substâncias químicas, causando descamação suave, formação de colagénio e fibras elásticas da pele.

No que respeita aos melasmas mistos e dérmicos, os peelings químicos são médios ou profundos e mais agressivos, sendo que a técnica do fenol marcado com sedação, promove uma renovação total das várias camadas, requerendo vigilância médica pós peeling, aplicação tópica de manipulados específicos e tempo de recuperação mais prolongado.

O recurso aos peelings químicos para abolir o melasma que interfere com a auto-estima, é a solução médico-estética actual mais rápida e eficaz, segura e em ambulatório, se realizada por dermatologista que dispõe do saber e dos recursos, mesmo em caso de alguma complicação imprevista.

Alguns cuidados durante a gestação e/ou depois do parto, têm de fazer parte da rotina diária, como, intensificar o uso de um protector com filtro potente e usar cremes ou maquilhagem opacos, que não promovam maior absorção dos raios UV, o mesmo é dizer, mais pigmentação indesejada.

Está a planear engravidar de novo mas já antevê a exacerbação das manchas no rosto?

Saiba o que fazer e tire todas as dúvidas com o Dr. Miguel Trincheiras!

Não hesite! Marque já a sua consulta na derme.pt!

Comum durante a gravidez, pode marcar terreno e ser mesmo exacerbada, face a agentes internos e ambientais estimuladores de aumento de melanina, como: genética, contraceptivos orais, terapêutica de substituição hormonal (TSH) e radiação solar.

Comprovadamente, os peelings químicos eliminam/minimizam o melasma gravídico indesejado, evitam acréscimo de coloração nas áreas já pigmentadas e aparecimento de novas manchas no pescoço, peito e em outras zonas do corpo (antebraços com alguma regularidade).

Quer saber mais sobre peelings químicos e como eliminar o melasma facial? Visite-nos em www.derme.pt