Faça a sua pergunta

Blog - Artigos relacionados com Plasma

Plasma rico em plaquetas - Tratamento de rejuvenescimento
Rejuvenescer a pele, com recurso ao plasma rico em plaquetas por especialista em dermatologia credenciado. O que é o plasma rico em plaquetas? O...
Plasma rico em plaquetas: quais as formas mais comuns de utilização?
O Plasma Rico em Plaquetas (PRP)é uma forma inovadora de rejuvenescimento. Esta forma inovadora de tratar vários problemas músculo-esqueléticos,...

Plasma rico em plaquetas

Rejuvenescer a pele com plasma rico em plaquetas! O que é, e como é possível tecnicamente a bioestimulação?

Plasma rico em plaquetas.

O sangue é um tecido extremamente complexo, constituído por água e inúmeras células, entre as quais as plaquetas, que transportadas pelo plasma asseguram a hemostase e reabilitação das áreas lesionadas.

No interior plaquetário, existe uma complexa diversidade de substâncias (RNA, mitocôndrias, glicoproteínas, factores de crescimento, etc) que actuam rápida e eficientemente na regeneração e cicatrização das estruturas vasculares e epiteliais.

O plasma, constituído por água, proteínas diversas, hormonas e inúmeras substâncias dissolvidas ou em suspensão, é o veículo que leva a todo o corpo tudo quanto necessita, incluindo os medicamentos que tomamos.

Então, sabendo que são as plaquetas iniciam o processo reparador, e o plasma o seu veículo no interior, basta transferir o processo para o exterior, obter uma concentração dessas células acima dos valores basais, e assim, mais rápida e eficaz será a reabilitação da pele!

A técnica laboratorial para obtenção do produto final, concentrado plaquetário e a sua aplicação na pele, há muito que é realizada na derme.pt com sucesso e benefícios comprovados no tratamento de diversas patologias e procedimentos estéticos.

Técnica laboratorial

plasma rico em plaquetas 2Em primeiro lugar, tem de ser feita a recolha de uma amostra de sangue do paciente para análise hematológica (hemograma) com o objetivo de conhecer a qualidade e quantidade das células plaquetárias.

Se tudo está bem, o profissional qualificado com o material adequado e em condições de assepsia rigorosas, executa a técnica laboratorial:

  • Punção venosa para obtenção de 10 a 20 ml de sangue (quantidade que varia de acordo com a extensão da lesão a tratar) em tubo com anticoagulante;
  • Centrifugação durante 8 minutos a 3 800 rotações por minuto;
  • Separação do plasma concentrado em plaquetas dos eritrócitos e outras células;
  • Aplicação imediata do produto final, pelo médico dermatologista, através do método mesoterapêutico. A aplicação é rápida e com o mínimo de desconforto, mas a anestesia local é sempre de considerar.

 

plasma rico em plaquetas 3

 

Bioestimulação

No interior do organismo saudável as plaquetas mantêm-se inativas, mas se ocorre uma lesão, acorrem ao local, multiplicam-se e ligam-se entre si formando o rolhão plaquetário (trombo) que permite parar a hemorragia.

Além disso, libertam inúmeros fatores de crescimento (PDGF, EGF, VEGF, TGF, etc) que vão estimular a produção de novos vasos sanguíneos, colagénio, células epiteliais e activam os macrófagos que removem bactérias e outros materiais estranhos.

O PRP, também possui fibrina, fibronectina e vitronectina e outras proteínas que promovem a adesão celular.
Esta cascata de ligações e activaçôes resulta numa resposta biológica, conducente à reparação, regeneração e cicatrização dos tecidos, potencia a eficácia e reduz em 40% o tempo de regeneração.

Quem pode beneficiar com o tratamento de plasma enriquecido com plaquetas? Quais as advertências?

Tire todas as dúvidas e descubra connosco um mundo de oportunidades para dar vida à sua pele!

Excluindo hemofílicos e pacientes com tumores sanguíneos ou na área a tratar, todas as pessoas podem usufruir com ”PRP” tendo em conta que é um tratamento seguro e 100% biocompatível, podendo ainda combinar-se com outros tratamentos estéticos.

É um tratamento excelente a nível preventivo a partir dos 30/35 anos de idade, e correccional em qualquer idade, sendo que o número de sessões dependerá sempre da cronicidade e/ou severidade das patologias, extensão da zona a tratar e vitalidade dos tecidos.

Resulta eficazmente na celulite (resultado visível em 15 dias), estrias e acne, rugas e contorno dos lábios, rejuvenescimento facial e capilar, etc., e acelera a cicatrização resultante de procedimentos estéticos mais invasivos.

Os tratamentos não limitam o quotidiano, deve-se evitar actividade física intensa e a ingestão de medicamentos anti-inflamatórios, e seguir algumas orientações médicas.

 

Contacte-nos e/ou marque uma consulta