Arquivo da Categoria: Alergia ao Sol/Lucite Estival Benigna

A lucite estival benigna – muitas vezes qualificada como alergia solar – é uma das fotodermatoses mais comuns. Um dos padrões desta reactividade cutânea são os exantemas – erupções cutâneas com prurido – após as primeiras exposições solares.

Alergia ao Sol – Saiba mais

Alergia ao sol: há tratamentos?

A época do verão é propícia ao aparecimento de sintomas na pele após as primeiras idas à praia e exposições ao sol.

É frequente, nalguns indivíduos, o aparecimento de «borbulhas» um pouco por todo o corpo ou de outros sintomas, nomeadamente inchaços.

alergia ao solEsta sintomatologia pode aparecer mesmo em quem utilize protectores solares de factores elevados.

Poderá ser alergia ao sol?

E que tratamentos poderão ser utilizados nestes casos?

A lucite estival benigna (ou eritema polimorfo à luz) – muitas vezes qualificada como alergia solar – é uma das fotodermatoses mais comuns. Um dos padrões desta reactividade cutânea são os exantemas – erupções cutâneas com prurido – após as primeiras exposições solares.

Estes sintomas têm tendência a regredir com as exposições solares subsequentes, mas a abordagem terapêutica tem de ser progressiva e ir no sentido da protecção solar com filtros especiais que cubram os ultra-violetas A (UVA), passando também pelos suplementos de carotenóides e licopeno para aumentar a tolerância à radiação e podendo mesmo necessitar da toma de antipalúdicos de síntese (aumentam muito a tolerância à radiação) ou ao progressivo «endurecimento cutâneo» prévio à exposição solar com fototerapia.

Ainda no que se refere à alergia ao sol, dos suplementos mais recomendáveis são aqueles com extractos de Polypodium leucotomus (planta), pois têm uma acção imunomoduladora e anti-inflamatória com um aumento substancial da resistência cutânea à radiação UV.

Para saber mais sobre tratamentos de alergia ao sol, contacte-nos já e marque uma consulta, através do número 213 714 116 ou do endereço de correio electrónico geral@derme.pt