Arquivo da Categoria: Couperose

A Couperose deve ser tratada com cremes específicos com acção calmante e realizada a camuflagem das lesões com bases mais ou menos pigmentadas. Saiba mais

A rosácea couperose tem cura? Descubra aqui!

rosácea couperoseEis um termo de origem francesa que foi adoptado na terminologia corrente da língua portuguesa para nomear a vermelhidão facial persistente, habitualmente parte de um quadro de rosácea de componente vascular saliente.

Trata-se, de facto, de uma dilatação da rede capilar e das vénulas cutâneas superficiais, de forma persistente, que muitas vezes dá seguimento a um período mais ou menos longo do que se designa por “labilidade vascular”, com episódios recorrentes de “corar” com mudanças de temperatura ambiente, exposição ao calor (lareiras, fogão), ingestão de bebidas alcoólicas, medicamentos vaso-dilatadores, comida condimentada, etc.

Associa-se frequentemente com sintomatologia local que pode ir da sensação de calor local e de” bichinhos na pele” até ao ardor insuportável.

Deve ser tratada com cremes específicos com acção calmante e realizada a camuflagem das lesões com bases mais ou menos pigmentadas.

rosácea couperoseO tratamento mais específico e perene realiza-se através da luz intensa pulsada ou, ainda melhor numa perspectiva pessoal, com o laser pulsado de contraste, cujo comprimento de onda de 785 nm é perfeitamente complementar da oxi-hemoglobina, promovendo a foto-coagulação perfeitamente específica destes mesmos vasos sanguíneos superficiais, originando o desaparecimento do aspecto vermelho cutâneo, impedindo pela mesma ocasião a progressão para a fase inflamatória da rosácea com aparecimento de pápulas e pústulas inflamatórias muito mais incómodas.

A protecção solar deve ser uma constante para quem padece desta patologia, uma vez que a radiação UV é dos principais factores de agravamento deste quadro clínico.