Arquivo da Categoria: Rugas e Flacidez

As rugas fazem parte do processo degenerativo da pele. Resultam naturalmente da redução do número e volume das células da epiderme, da destruição de fibras da derme e da redução da quantidade de células adiposas da hipoderme.

Rugas: a sua idade não tem de ser um problema.

Rugas e idade: uma relação linear?

botox - tratamento de rugasPara muitos de nós, as rugas são um sinal da idade. No entanto, a idade é apenas um dos factores que levam ao seu surgimento. 

Efectivamente, o principal agente de envelhecimento da pele é a exposição solar, contribuindo para a degeneração de componentes essenciais à manutenção da elasticidade da pele, nomeadamente a elastina e o colagénio.

À medida que os raios UV decompõem as fibras de elastina, a nossa pele perde a firmeza e elasticidade, mas fora os problemas associados à beleza, a pele fica também mais vulnerável e não só se fere mais facilmente, como demorará mais tempo a cicatrizar. No longo prazo põe-se, evidentemente também, o problema dos tumores de pele…

Manter uma pele saudável e jovem sem rugas não depende por isso apenas da idade, mas de uma protecção adequada contra a exposição solar e agressões externas.

De preferência, devem usar-se durante o dia os cremes com factor de protecção solar (SPF), e manter a pele sempre hidratada com recurso a cosméticos com hexapéptido, o que prevenirá ou atrasará o surgimento de rugas na testa ou os pés-de-galinha que são rugas de expressão.

Rugas de expressão: porque nem todas as rugas são iguais.

rugas - AntesMuito se fala da tez curtida pelo sol das gentes do campo que trabalham de nascente a poente sob as agressões do ambiente, mas na cidade temos os nossos próprios problemas propícios ao surgimento de rugas.

Rugas na testa são frequentemente rugas de expressão devidas às preocupações e stresse diários no trabalho e em casa. Se sofre de stresse constantemente ou tem tendência para a depressão, quase certamente desenvolverá rugas mais depressa, mais profundamente e prematuramente.

Também os fumadores se encontram entre os grupos de risco para o surgimento precoce de rugas, mostrando que a idade apenas marca o ponto a partir do qual o nosso corpo já não consegue compensar os abusos que sofre.

Os fotótipos mais baixos (peles mais claras) frequentemente apresentam sinais precoces de envelhecimento cutâneo desde o final dos 20″s e, nesse caso, será necessário não só tratar as rugas mas restabelecer a textura cutânea, nomeadamente com elementos externos ou endógenos (PRP), através de técnicas de mesoterapia ou electroporação.

Tratamento de rugas: quais as opções?

rugas - DepoisSe as rugas não dependem estritamente da idade, para muitos de nós, elas são equacionadas precisamente à idade. Por exemplo, rugas à volta da boca (código de barras), fazem-nos parecer mais velhos e podem ter um impacto negativo na nossa busca por emprego ou aspirações sociais. Afinal, que poderíamos nós pensar de um candidato a emprego em cuja testa enrugada pensássemos ler preocupação constante?

Felizmente, existem tratamentos tão mais eficazes quanto maior a precocidade da sua procura. Para rugas iniciais e pouco profundas, os peelings são particularmente eficazes, enquanto que para as rugas de expressão, o botox é um tratamento amplamente recomendado, graças à sua acção na diminuição/abolição da contratura dos músculos responsáveis por este tipo de rugas. É ainda possível o preenchimento das lesões cutâneas com ácido hialurónico, um componente natural da nossa derme, extremamente seguro e eficaz.

Mas as opções não se ficam por aqui, e para cada paciente existe uma solução mais adequada. Procure um médico dermatologista o quanto antes, de modo a combater as rugas, não só com um tratamento adequado, mas com comportamentos e rotinas que protejam melhor a sua pele contra as agressões do meio ambiente.

Para saber tudo sobre como prevenir e tratar rugas, a Derme está ao seu inteiro dispor através do 213 714 116 ou do email geral@derme.pt.

download ebook_rugas

Quem tem mais rugas, homens ou mulheres?

Rugas homensA eterna competição entre homens e mulheres. Quem mantém a jovialidade da pele durante mais tempo? Eis a questão.

Pois bem, lamento anunciá-lo às mulheres, porque são quem mais se preocupam com a estética (sobretudo do rosto), mas nós os homens aguentamos mais tempo sem rugas. Pode parecer injusto, eu compreendo. Mas neste pequeno detalhe somos de facto o “sexo mais forte”.

Como em tudo, há uma explicação lógica, ou não fosse o corpo humano uma máquina inteligente repleta de mecanismos lógicos. Vamos reflectir e perceber porque é que os homens, de uma forma geral, são poupados durante mais tempo.

Nem todas as rugas afectam os homens e as mulheres da mesma forma, exactamente porque a pele dos homens é diferente das mulheres. A pele das mulheres é tendencialmente mais fina e por essa razão, os raios UV (responsáveis em 90% pelo envelhecimento precoce da pele) penetram na pele com muita facilidade, provocando a agressão da derme, a desidratação dos tecidos e a desorganização do colagénio e elastina (responsáveis pela firmeza e elasticidade da pele).

Pelo contrário, a pele dos homens é mais grossa, apresentando um escudo natural contra o foto-envelhecimento. Significa isto que os homens não desenvolvam rugas derivadas do Sol?

Lógico que sim.

É fácil comparar homens e mulheres que trabalhem por exemplo no campo sob os raios UV, com homens e mulheres que trabalham em escritórios. Naturalmente, quem trabalha no campo apresentará mais cedo e de forma mais vincada uma pele marcada pelas rugas, quer homens quer mulheres.

Outra razão que favorece o anti-envelhecimento da pele dos homens, sobretudo no pescoço e rosto, é a pilosidade – a barba. Se reparar, são poucos os homens que apresentam as rugas acima dos lábios (vulgo código de barras). Esse enigma pode ser facilmente desvendado se penetrarmos na pele e observarmos a acção de sustentação que os pelos têm, acabando por contrariar um pouco o processo de formação da ruga. Os pelos ajudam! Quem diria, não é? Mesmo assim, para a mulher o que será que é mais importante, pêlos ou rugas no rosto?

As mulheres que não se preocupem com as injustiças do Universo, porque felizmente temos soluções que a medicina desenvolveu a pensar no envelhecimento da pele. Além de poder ter um rosto sem pelos graças à depilação definitiva a laser, pode também contar com técnicas que apelam ao carácter regenerador da pele, como os peelings químicos, bem como contar com a acção do botox que “congela” temporariamente os músculos, devolvendo à pele a “lisura” perdida, e até mesmo infiltração no rosto de materiais de preenchimento ou da própria gordura da mulher. Técnicas eficazes não faltam, basta conhecê-las, ponderar em conjunto com um dermatologista experiente em dermocosmética sobre as melhores soluções e respeitar as indicações pós-tratamento.

download ebook_rugas

O dia-a-dia das Rugas

RugasAs rugas fazem parte do processo degenerativo da pele. Resultam naturalmente da redução do número e volume das células da epiderme, da destruição de fibras da derme e da redução da quantidade de células adiposas da hipoderme.

Estes são alguns dos factores biológicos que contribuem para o aparecimento irreversível das rugas.

Noto no entanto que a maior parte das pessoas que me consultam para diminuir as suas rugas, nomeadamente no rosto, são pessoas que têm descurado inúmeros factores importantíssimos no anti-envelhecimento.

Se não vejamos. As pessoas que mais sofrem de rugas são:

  • Pessoas que fumam.
  • Pessoas que sofrem de stress contínuo
  • Pessoas com tendência crónica para a depressão
  • Pessoas que usam produtos de limpeza e/ou maquilhagem inadequados para a pele
  • Pessoas que bebem muito pouca água
  • Pessoas que ingerem demasiados açucar e gorduras
  • Pessoas que estão frequentemente expostas ao Sol

O tabaco interfere com a circulação sanguínea e destrói irreversivelmente o colagénio que sustenta e confere firmeza à pele. É por isso comum vermos pessoas que fumam com rugas longas e profundas em redor dos lábios.

Apesar de não estar clinicamente provado, há inúmeros indicadores que apontam uma relação positiva entre o aumento do stress e o aumento das rugas. O stress e a depressão provocam alterações hormonais, podendo alterar/diminuir o colagénio.

Por outro lado aumentam a tensão muscular, contribuindo para o aparecimento das rugas de expressão.

A limpeza da pele é um acto muito importante para a prevenção de inúmeras patologias da pele, no entanto vejo frequentemente pacientes com rugas iniciais devido ao uso de substâncias de limpeza abrasivas, nomeadamente no contorno dos olhos e lábios. Pergunte ao seu dermatologista quais os melhores produtos para cada zona do corpo.

A alimentação é cada vez mais influenciadora da qualidade da pele. “Somos o que comemos”, sem qualquer dúvida. Muitos dos meus pacientes têm uma alimentação deficiente e ingerem pouca água.

Para uma pele bonita, há que dar importância a vegetais, leguminosas que protegem o organismo contra a libertação de radicais livres. Ingira 2 a 3l de água por dia, a hidratação é a melhor forma de eliminar toxinas que prejudicam a pele, além de favorecer a sua firmeza.

O açúcar por sua vez provoca a rigidez das proteínas (ex.: colagénio), reduzindo a elasticidade da pele e a gordura favorece as irregularidades da pele e celulite.

RugasOs meus pacientes levam muitas vezes ao extremo, a máxima de que o Sol é o principal inimigo da pele.

Repare-se que 15 minutos de exposição solar fora das horas de maior insolação favorece a pele e em geral todo o organismo com a formação da vitamina D, essencial para o bom funcionamento de músculos e ossos. O maior problema do Sol é a nossa indisciplina.

Se formos indisciplinados na forma como estamos expostos ao Sol, podemos ser fortemente prejudicados por ele. Nas horas mais fortes de radiação solar, a exposição contínua ao Sol contribui em mais de 90% para o envelhecimento da pele exposta.

Porquê? Porque a radiação solar é um dos mais potentes oxidantes celulares. A radiação penetra na pele, provoca alterações no DNA e nas fibras de colagénio e elásticas – provocando a sua degradação e conduzindo ao fenómeno designado por “elastose solar”, associado a flacidez, alterações pigmentares, vasculares e de hidratação cutâneas.

Para evitar os malefícios do Sol, há que tirar o melhor proveito, produzindo a vitamina D, 3 a 4x por semana, durante 15 a 20 minutos nas horas de menor irradiação solar.

Nas restantes horas do dia é fundamental proteger a cabeça, os olhos, o rosto e o corpo na generalidade, respectivamente com chapéu, óculos, creme protector (com índice de protecção superior a 30, 1 a 2x por dia, salvo na praia, local onde devemos repetir o procedimento com bastante frequência) e roupa leve.

Rugas nos Lábios

O que são Rugas nos Lábios?

A pele das áreas mais expostas ao sol (o principal factor de envelhecimento cutâneo) Rugas nos Lábios - Dermecomeça, com o avançar da idade, a ter défice das suas estruturas de suporte (fibras elásticas e de colagénio), assim como de todo um conjunto de moléculas que formam a substância intercelular (substância fundamental), entre as quais os glicosaminoglicanos e os proteoglicanos, com especial relevo para o ácido hialurónico.

Estas últimas conseguem reter as moléculas de água até cerca de mil vezes o seu próprio peso e conferem à pele um aspecto liso e luminoso.

Tratamento das Rugas nos Lábios

A abordagem do «rejuvenescimento cutâneo» deve ser realizada após uma avaliação cuidada, pelo recurso a múltiplas técnicas que actuem aos vários níveis do que se pretende corrigir.

A abordagem estética da face, e consequentemente, dos lábios, deve ser realizada tendo em consideração diversas variáveis, entre as quais a idade, o sexo, a raça, a profissão, o tipo de lesões, a disposição para estar mais ou menos tempo em recuperação, entre outras.

Técnicas como o laser de CO2 fraccionado, os peelings químicos, os materiais de preenchimento, as dermabrasões e a subcisão individual de lesões são técnicas das quais dispomos para melhorar a textura, o aspecto e a firmeza da pele, num grau o mais fiel possível às expectativas individuais.

O Botox, em muito pequenas quantidades, pode dar uma ajuda preciosa na resolução das rugas peri-bucais, nomeadamente as rugas verticais (código de barras) do lábio superior e que é uma condição exclusivamente feminina.

Para diferentes situações, diferentes abordagens e, numa percentagem importante de casos, fazendo recurso a várias técnicas, que actuam nas diferentes estruturas envolvidas.

Cada caso individual necessita de ser correctamente avaliado em consulta, com recurso a fotografia digital (luz ultra-violeta e polarizada – VISIA®) sempre que necessário e explicadas, de forma detalhada, as maiores ou menores vantagens de cada um destes métodos.

Para saber mais sobre rugas nos lábios, contacte-nos já e marque uma consulta, através do número 213 714 116 ou do endereço de correio electrónico geral@derme.pt

download ebook_rugas

O que são Rugas de Expressão?

As rugas de expressão são de localização facial e ocorrem, entre outros, nas zonas de acção dos músculos frontais, corrugadores e orbiculares dos olhos e da boca.

Tratamento de Rugas de Expressão

No caso das rugas de expressão, a melhor alternativa terapêutica é o recurso à aplicação de toxina botulínica (Botox®) local, para limitar a contracção muscular responsável pela formação, perpetuação e agravamento das rugas.

O que são Rugas de Expressão?Este recurso terapêutico pode e deve, na maioria dos casos, ser acompanhado por outros procedimentos complementares, nomeadamente materiais de preenchimento cutâneo ou, ainda, peelings, para melhorar o aspecto global e prolongar o efeito desejado.

No que se refere aos cremes, estes funcionam melhor como elementos de prevenção, mais do que de tratamento das rugas.

Posto isso, a abordagem do «rejuvenescimento cutâneo» deve ser realizada após uma avaliação cuidada, pelo recurso a múltiplas técnicas que actuem nas várias facetas do que se pretende corrigir.

Neste contexto, o Botox, que é uma molécula que diminui o poder de contração dos músculos da mímica que causam as ditas rugas de expressão de forma espectacular, não tem interesse, por exemplo, no tratamento dos sulcos naso-genianos ou nas designadas linhas de marionette.

Para diferentes situações, diferentes abordagens e, numa percentagem importante de casos, fazendo recurso a técnicas mistas, que actuam de forma específica, mas complementar, nas diferentes estruturas envolvidas.

Para saber mais sobre rugas de expressão, contacte-nos já e marque uma consulta, através do número 213 714 116 ou do endereço de correio electrónico geral@derme.pt

download ebook_rugas

Rugas na Testa: Como Eliminar

Há pessoas que, com pouco mais de 30 anos, têm já rugas na testa e, inclusive, no contorno dos olhos e da boca, maioritariamente rugas dinâmicas. Existem, porém, tratamentos muito específicos para este tipo de rugas e forma de as eliminar.

Estas localizações correspondem a rugas de expressão, ligadas à mimica facial e relacionam-se com os músculos frontais, corrugadores e orbiculares dos olhos e da boca.

Tratamentos de Rugas na Testa

Rugas na Testa

Nestes casos, a melhor alternativa terapêutica é o recurso à aplicação de toxina botulínica localmente (Botox). Este gesto limita/inibe a contracção muscular responsável pela formação, perpetuação e agravamento das rugas.

Esta alternativa terapêutica pode e deve, na maior parte dos casos, ser acompanhada por outros procedimentos, nomeadamente materiais de preenchimento cutâneo ou peelings, para melhorar a aparência e harmonia global da face e prolongar o efeito desejado.

É ainda desejável recorrer a cremes faciais específicos, sendo que a escolha dos mesmos depende de uma avaliação pessoal e de preferências individuais.

No entanto, a eficácia destes cremes «anti-rugas» é, habitualmente, limitada  já que têm pouca repercussão sobre rugas já instituídas. Os cremes funcionam sempre melhor como elementos de prevenção, mais do que de tratamento das rugas.

Para saber mais sobre tratamento de rugas na testa, contacte-nos já e marque uma consulta, através do número 213 714 116 ou do endereço de correio electrónico geral@derme.pt.

download ebook_rugas

Rugas do Contorno da Boca

O que são as Rugas da Boca?

Inestéticas e incomodativas, as rugas em redor da boca podem aparecer bem antes dos 40 anos e ser precoces e agravadas no caso dos fumadores. Para solucionar o problema das rugas na boca existem vários tratamentos, nomeadamente a toxina botulínica.

Rugas do Contorno da BocaO envelhecimento da área peri-bucal é um dos mais frequentes, particularmente no sexo feminino, podendo originar uma série de rugas, entre as quais as conhecidas rugas verticais do lábio superior (código de barras), as linhas dos ângulos labiais para o queixo (linhas de marionete) e a acentuação dos sulcos naso-labiais (rugas de Flintstone).

A abordagem a este complexo deve ser realizada em função da existência ou não de vários destes componentes, nomeadamente a textura subjacente da pele, eventuais alterações pigmentares locais, entre outros.

Tratamentos para as Rugas de Boca?

A toxina botulínica (Botox) pode ser utilizada em doses muito baixas, sobretudo no tratamento das rugas verticais do lábio superior (código de barras), mas deve sempre ser acompanhada de outros procedimentos.

Entre estes procedimentos, contam-se o laser de CO2 fraccionado, seguido de peeling com ácido tricloroacético, materiais de preenchimento à base de ácido hialurónico ou radiofrequência, para conferir um aspecto regular e homogéneo à pele, nesta área anatómica.

Para saber mais sobre rugas na boca, contacte-nos já e marque uma consulta, através do número 213 714 116 ou do endereço de correio electrónico geral@derme.pt

download ebook_rugas

Rugas e Botox® – Saiba mais

Ao contrário do que muitos pensam, o Botox®, (nome comercial mais conhecido da toxina botulínica), não é um material para preencher rugas, mas antes uma molécula especialmente indicada para diminuir a contractibilidade dos músculos faciais da mímica, responsáveis pela formação das chamadas «rugas de expressão».

rugas e botoxAs rugas de expressão são aquelas que se formam ao nível da testa, entre as sobrancelhas e aquelas dos cantos dos olhos que correntemente chamados «pés de galinha», entre outras.

Ainda em relação à estética facial, a toxina botulínica pode ajudar a jogar no efeito de equilíbrio dinâmico dos músculos faciais e conseguir outro tipo de efeitos, como o levantamento da cauda da sobrancelha, o levantamento dos ângulos labiais ou a anulação das pregas transversais e/ou bandas longitudinais do pescoço.

Esta molécula pode ainda ajudar a obter efeitos como a diminuição da mobilidade da ponta do nariz aquando da fala, um efeito de alisamento cutâneo global por pequenas doses ministradas de forma muito superficial e dispersa na pele (meso-Botox), a diminuição das rugas verticais do lábio superior (código de barras), das rugas do nariz («nariz de coelho»), entre muitas outras.

Após administração local, a duração da acção desta molécula é de cerca de 5 a 6 meses, devendo haver lugar a nova administração nessa altura para manter o efeito pretendido, ou seja, uma pele alisada e com uma maior luminosidade.

Além de todas estas aplicações, a toxina botulínica é ainda uma molécula de extrema eficácia na diminuição da transpiração, quer axilar, quer das palmas das mãos e plantas dos pés, onde a duração da sua acção tende a ser substancialmente superior (> 1 ano).

Daí que, além das rugas, o Botox® é bastante utilizado também em tratamentos da hiperidrose e patologias associadas.

Para saber mais sobre rugas e Botox®, contacte-nos já e marque uma consulta, através do número 213 714 116 ou do endereço de correio electrónico geral@derme.pt

download ebook_rugas

Rugas e Flacidez – Saiba mais

Há novas armas na dermatologia estética para o combate às rugas e flacidez, um dos maiores desafios estéticos das mulheres e homens do século XXI.

rugas e flacidezGraças a elas, as rugas e flacidez passam a ser um aspecto estético de correcção relativamente fácil e harmonioso.

Consulte já e conheça os novos métodos e tratamentos.

Ligue já para +351 213 714 116 ou contacte-nos via e-mail para geral@derme.pt e coloque-nos todas as suas dúvidas.

A flacidez resulta do empobrecimento e degradação natural do colagénio e elastina, que são as fibras responsáveis pela sustentação da pele. No entanto, mesmo pessoas mais jovens podem notar sinais de flacidez no corpo.

A verdade é que, novos ou velhos, ninguém gosta de uma pele flácida e sem elasticidade, seja qual for a sua causa. E, como tal, surgem, dia-a-dia, tratamentos mais eficazes contra as rugas e flacidez.

Tratamentos

Para combater as rugas e flacidez com sucesso, há vários tipos de tratamentos disponíveis:

1. Botox®: a toxina botulínica continua a ser uma grande arma no combate às rugas e flacidez. A escolha do tipo de toxina varia de médico para médico, por isso aconselhe-se com o seu dermatologista.

2. Preenchimentos (fillers): Mundialmente famoso, o ácido hialurónico, que é uma molécula sintetizada pela própria derme, capaz de reter até cerca de 1000 vezes o seu peso em água, é a mais utilizada e conhecida a nível mundial, confiável e de resultados comprovados no combate às rugas e flacidez. Outros materiais podem ser usados, nomeadamente a policaprolactona, a hidroxiapatite de cálcio ou o ácido polilático, que têm um efeito de bio-estimulação dos fibrosblastos para além do efeito de preenchimento imediato.

3. O plasma enriquecido em plaquetas (PRP): Consiste na administração por técnica de mesoterapia cutânea do plasma da própria pessoa, devidamente tratado e enriquecido em plaquetas, com conteúdo em activadores celulares e moléculas que promovem a transformação das células indiferenciadas (estaminais) em células com competência local para produção de novos elementos dérmicos (fibras e moléculas da substância fundamental da derme), conferindo-lhe um aspecto renovado, luminoso e tenso.

4. Laser fraccionado: trata rugas, flacidez e cicatrizes, tem acção térmica e remove parte da epiderme, estimulando a retracção do colagénio

Ficou com dúvidas acerca da remoção de rugas e flacidez?

Contacte-nos já e esclareça-as na hora ou marque uma consulta através do número 213 714 116 ou do endereço de correio electrónico geral@derme.pt

 

SAIBA MAIS SOBRE RUGAS E FLACIDEZ

download ebook_rugas