Faça a sua pergunta

Rugas e flacidez

rugasHá novas armas na dermatologia estética para o combate às rugas e flacidez, um dos maiores desafios estéticos das mulheres e homens do século XXI. Graças a elas, as rugas e flacidez passam a ser um aspecto estético de correcção relativamente fácil e harmonioso.

Consulte já e conheça os novos métodos e tratamentos. Ligue já para +351 213 714 116 ou contacte-nos via e-mail para geral@derme.pt e coloque-nos todas as suas dúvidas.

A flacidez resulta do empobrecimento e degradação natural do colagénio e elastina, que são as fibras responsáveis pela sustentação da pele. No entanto, mesmo pessoas mais jovens podem notar sinais de flacidez no corpo.

A verdade é que, novos ou velhos, ninguém gosta de uma pele flácida e sem elasticidade, seja qual for a sua causa. E, como tal, surgem, dia-a-dia, tratamentos mais eficazes contra as rugas e flacidez.

Tratamentos de Rugas

Para combater as rugas e flacidez com sucesso, há vários tipos de tratamentos disponíveis:

  1. Botox®: a toxina botulínica continua a ser uma grande arma no combate às rugas, em particular as rugas de expressão faciais. A escolha do tipo de toxina varia de médico para médico, por isso aconselhe-se com o seu dermatologista.
  2. Preenchimentos (fillers): Mundialmente famoso, o ácido hialurónico, que é uma molécula sintetizada pela própria derme, capaz de reter até cerca de 1000 vezes o seu peso em água, é a mais utilizada e conhecida a nível mundial, confiável e de resultados comprovados no combate às rugas e flacidez. Outros materiais podem ser usados, nomeadamente a policaprolactona, a hidroxiapatite de cálcio ou o ácido polilático, que têm um efeito de bio-estimulação dos fibrosblastos para além do efeito de preenchimento imediato.
  3. O plasma enriquecido em plaquetas (PRP): Consiste na administração por técnica de mesoterapia cutânea do plasma da própria pessoa, devidamente tratado e enriquecido em plaquetas, com conteúdo em activadores celulares e moléculas que promovem a transformação das células indiferenciadas (estaminais) em células com competência local para produção de novos elementos dérmicos (fibras e moléculas da substância fundamental da derme), conferindo-lhe um aspecto renovado, luminoso e tenso.
  4. Laser fraccionado: trata rugas, flacidez e cicatrizes, tem acção térmica e remove parte da epiderme, estimulando a retracção do colagénio degradado e a produção de novo colagénio pelos fibroblastos. Não deixa cicatrizes, alisa a superfície cutânea, é de recuperação muito rápida e dispensa incisões cutâneas. Normalmente, são necessárias 1 a 3 sessões.
  5. Radiofrequência: Baseia-se na resistência que os tecidos mais profundos opõem à passagem de ondas de radiofrequência entre dois polos da peça de mão, transformando essas ondas em energia térmica que vai aquecer os tecidos, induzir alguma contracção do colagénio e estimular o metabolismo quer dos fibroblastos (produção colagénio e fibras elásticas) quer das células adiposas (de gordura) no sentido da degradação das mesmas.
  6. Cirurgia: Quando resta ainda um excesso de pele, após as técnicas anteriores executadas, e termos melhorado a textura cutânea no que respeita a firmeza, elasticidade, hidratação, pigmentação e anomalias vasculares, resta-nos o recurso à cirurgia, extremamente eficaz neste tipo de correcção final.

Ficou com dúvidas acerca da remoção de rugas e flacidez? Contacte-nos já e esclareça-as na hora ou marque uma consulta através do número +351 213 714 116 ou do endereço de correio electrónico geral@derme.pt.

download ebook rugas

Contacte-nos e/ou marque uma consulta